Sábado, 6 de Outubro de 2007

Sonho ou Realidade?

Um campo descoberto,

Um mar de flores,

O vento segreda bem perto,

Como pintou o céu a lápis de cores.

 

Deito-me naquela imensidão,

Sentindo o cheiro, todos aqueles odores,

Da terra, das árvores, da paixão,

Que me abraçam e me provocam tremores.

 

Sinto-te bem aqui,

Do meu lado,

A ti...que te escolhi,

Como personagem principal do meu fado.

 

Fecho os olhos lentamente,

Imagino o quadro visto do céu brilhante,

Uma tela colorida, estridente,

Onde a tristeza não existe e a alegria é constante.

 

Seguras-me  na mão,

Afagas-me o cabelo,

Baixinho cantas-me uma canção,

Não renegando o meu apelo.

 

 Murmuro silenciosamente,

Palavras que evitem que tal momento acabe,

Rezo para que isto seja o Presente,

E não apenas o que a minha imaginação sabe.

 

O vento torna-se mais forte,

Sinto a minha cara molhada,

Abro os olhos sentindo-me sufocada,

É isto o presságio da Morte?

 

Tudo se modificou...

A tela está agora esborratada,

O mundo colorido pouco durou,

Tudo era um sonho e tu eras nada.

 

Cheia de lama e encharcada,

Sento-me de rosto lavado,

A gota de chuva e de lágrima não mais é diferenciada,

Olho em redor e tu não estás ao meu lado.

 

Alguém se aproxima debaixo da escuridão,

As suas passadas reflectem lentidão e calma,

Olha-me nos olhos e penetra-me a alma,

Sorri-me e diz-me que eu não sonhei em vão.

                                                                                                                             Patrícia Santos

                                                                                                                                 10/09/2007

 

música: Jamie Collum - High & Dry
publicado por a_beautiful_smile_has_a_troubled_soul às 00:15
link | comentar | favorito
19 comentários:
De JotaCristo a 6 de Outubro de 2007
Ás vezes os nossos sonhos realizam-se, talvez não da maneira que os sonhamos, mas realizam-se mesmo assim, não é Patrícia?

Talvez os nossos sonhos sejam as realidades de alguém. Ou os sonhos de alguém sejam a nossa realidade. Qual a verdade? Talvez saberemos depois da Morte levar-nos deste plano material de existência. Talvez...
De a_beautiful_smile_has_a_troubled_soul a 6 de Outubro de 2007
Olá Xico! Obrigada pelo comentário!
Este poema é um misto de sonho e realidade, uma incerteza entre os dois. No inicio temos a sensação de realidade, aquele cenário, aqueles cheiros, tudo parece real, certo? Mas depois os olhos abrem-se e afinal não é bem aquilo que parecia...seria um sonho talvez?Mas no fim...última estrofe...alguém se aproxima...e então?Seria tudo um sonho ou realidade? Eu tenho a minha própria interpretação, claro, mas não vou aqui escrever. Deixo ao critério de quem ler o poema!
Beijos e volta sempre****

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 26 seguidores

.Junho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Um dia voarei…voarei para...

. Vai Aonde Te Leva o Coraç...

. Finding Neverland

. Como é Fácil ser Difícil

. Feliz Ano Novo para todos...

. Keane no Coliseu de Lisbo...

. Sessão de autógrafos de N...

. Caminho de uma Vida

. Eu só queria...

. O Clube dos Poetas Mortos

.tags

. todas as tags

.favoritos

. O Poder da Memória

. Momento Inesquecível

. Mãos Dadas

. Um Caso de Paixão

. O amor na areia

.links

.pesquisar

blogs SAPO

.subscrever feeds